Drive-Thru da Oração está se expandindo e IURD pretende implantar o sistema em todo o Brasil

Drive-Thru da Oração está se expandindo  e IURD pretende implantar o sistema em todo o Brasil

Drive-Thru da Oração está se expandindo e IURD pretende implantar o sistema em todo o Brasil

A Igreja Universal do Reino de Deus está expandindo o “drive-thru da oração” (drive-thru é um termo em inglês usado por restaurantes para que o pedido seja feito, pago e recebido sem que o motorista saia do carro), e pretende que a iniciativa se espalhe em todo o Brasil.

Segundo a Arca Universal, a iniciativa do “drive-thru da oração” foi baseada em uma experiência feita pela IURD em uma igreja em Houston, no Texas. Em 2006, o Bispo Renato Cardoso, era responsável pela filial da Universal na cidade americana, e teve a ideia de implantar o sistema. “Como em Houston pouco se vê pessoas nas ruas, só carros, então tivemos essa ideia”, afirma o Bispo.

Os fieis voluntários da IURD ficam em frente ao templo, com uma faixa sinalizando o “drive-thru”. As pessoas interessadas entram no espaço destinado aos veículos, recebem folhetos da Universal e recebem oração dos pastores e bispos que estiverem no local. A experiência vem sendo feita em diversos templos da igreja, em cidades diferentes de norte a sul do Brasil.

O Pastor Edgar Lopes, responsável pelos trabalhos do “drive-thru da oração” em Brasília, afirma que o atendimento é oferecido a todos gratuitamente, independentemente de religião. “Pelo fato das pessoas estarem sempre na correria e, ao mesmo tempo, precisando de um apoio espiritual, decidimos oferecer esse conforto de forma mais acessível”, conta Lopes.

Há iniciativas idênticas em outras grandes cidades como Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Um dos voluntários, Thiago Sapadjian, afirma que o interesse dos motoristas é grande, apesar da surpresa inicial: “Realmente essa ideia de evangelização foi algo inédito, pois todos que passam aqui na frente acabam olhando para a igreja, e muitos que estão vivendo situações difíceis nos procuram para receber um apoio espiritual”, conta o voluntário.

Fonte: Gospel+